Da boca pra dentro

Nostalgia (36 semanas)

Chegamos na reta final. E eu, que esperei com tanta ansiedade o dia que você estaria a termo, agora me pego ambivalente na pressa pela tua chegada. É que me acostumei com você aqui dentro. Eu gostei desse formato. Da gente sendo um. Por mais tumultuado que o seja o dia, na maior parte dele estou conectada 100% a você. Sentindo você. Seus movimentos. Seu crescimento. Seu espaço aqui dentro. Me sentindo inteiramente responsável pelo seu cuidado. E isso me realiza dia após dia. Sem pressa para que acabe essa simbiose. Que termine esse presente! Mas eu também sonho em te ter nos meus braços, em conhecer seu rosto, em sentir seu cheiro. E por isso a ansiedade se divide em mim. Como uma saudade antecipada de um tempo que não passou e uma alegria desconhecida pelo o que esta por vir. Mas o tempo sábio vai te trazer na hora certa. No seu tempo. E eu, ainda que saudosa, terei consciência de que aproveitei cada momento dessa época incrivelmente engradecedora que foi sermos um só.

Um beijo da boca pra dentro.


Comentarios

No hay ningún comentario

Añadir un Comentario: